terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Luta sindical


Diante de um processo democrático que visa eleger a próxima Gestão Sindical dos servidores públicos federais do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso me junto ao grupo União e Compromisso e volto a empunhar a bandeira da Educação Pública de Qualidade. Com uma visão social mais apurada sobre o processo trago na bagagem uma maior convicção da necessidade de lutarmos pela defesa e fortalecimento da Educação. 
Defendo uma Gestão Sindical unitária para lutar por todos os nossos direitos e que represente todos os servidores. Existe sim, a necessidade de ser sensível à causa e não nos curvarmos diante da máquina opressora para que possamos de fato garantir o direito de lutar por melhorias e buscar o sentimento de representação da classe. Nem por isso devemos fragmentar nosso instrumento de luta, devemos sim, quando estivermos na luta, nos lembrar de quem é o nosso verdadeiro inimigo. O sindicato é para lutar e acredito que a partir dessa manifestação pública poderemos consolidar de forma transparente e coletiva uma gestão com a responsabilidade ainda maior, pois existe a possibilidade de prosseguirmos este trabalho. E também de reinventar o trabalho, pois não há contradição em seguir e seguir mudando, amadurecendo ideias e equipe. 
Defendo a gestão compartilhada, com posição firme de luta! Devemos fortalecer a classe, instigá-los para o debate e para luta para que enfim possamos de fato representar plenamente os interesses de nossos companheiros, tanto do corpo docente como do corpo técnico, pois no final, somos todos defensores de uma educação pública, de qualidade e a serviço da população!

Nenhum comentário: