quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Festival de Pipas 2011 será realizado este mês na UFMT



De significado religioso e ritualístico a fins militares, acredita-se que a primeira pipa do mundo tenha surgido na China, há cerca de 200 anos a.C., com o objetivo de medir a distância de um túnel.  Aqui no Brasil a história do papagaio, outro nome dado à peça, começou com os portugueses na época da colonização. Em Cuiabá a arte de empinar ou soltar pipas foi oficializado com o projeto “Festival de Pipas”, iniciativa realizada há dois anos pela Supervisão do Desporto e Recreação da Faculdade de Educação Física (FEF), da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

 “Fomentar essa prática com segurança enquanto forma de lazer de crianças, adolescentes, adultos e idosos é um dos propósitos da Supervisão do Desporto e Recreação. A proposta é retomar e preservar essa brincadeira enquanto elemento de nossa cultura doada por nossos antepassados, bem como  utilizá-la como um meio de se educar para o lazer”, conta a coordenadora do projeto Jucinéia O’Campos.

A edição 2011 do Festival de Pipas será realizada no dia 27 de agosto, a partir das 12h, e contará com a participação de técnicos da FEF, bolsistas da UFMT e da Faculdade de Cuiabá (Fauc) e com a contribuição de voluntários. O tema deste ano é “Atenção! Cuidado com a rede elétrica”. As inscrições começam no dia 08 e vão até o dia 12 de agosto e devem ser feitas no período vespertino, no salão Seção de Desporto do Ginásio de Esportes da UFMT. “Crianças que souberem manusear o papel já podem se inscrever. É diversão para toda a família”, garante a integrante do grupo de técnicos que apóiam o projeto, Valda da Costa Nunes.

No ano passado o Festival de Pipas recebeu 500 inscrições. Durante a realização do Festival foram ensinadas técnicas para a produção de novos modelos e fornecidas orientações sobre os cuidados que se deve manter ao empinar a pandorga. Todo o material para a confecção das pipas é distribuído pelo projeto.

Mais informações pelo telefone (65) 3615-8841.

Confira o Blog do Festival de Pipas.
FONTE: http://www.ufmt.br/ufmt/site/noticia/visualizar/2899/Cuiaba

Nenhum comentário: