terça-feira, 26 de julho de 2011

Consumo de drogas é maior em escolas particulares

Pesquisa realizada pela Secretaria Nacioanl Antidrogas, do Ministério da Justiça, no ano passado, mostrou que um em cada dez estudantes havia consumido qualquer tipo de droga nos 12 meses anteriores.

Esse índice era maior entre alunos de escolas particulares (13,6%) do que de públicas (9,9%).

O levantamento foi feito nas 27 capitais. Foram entrevistados 50 mil alunos de ensino médio e das séries finais do ensino fundamental.

A pesquisa constatou redução do consumo entre os alunos.

Em 2004, ano em que havia sido realizada a pesquisa anterior, 19,6% dos entrevistados disseram ter usado drogas pelo menos uma vez nos últimos 12 meses.

Em 2010, esse índice caiu para 9,9%. Nesse período, o único percentual que subiu foi o do consumo de cocaína: de 1,7% para 1,9%. No caso da maconha, a queda foi de 4,6% para 3,7%.

No Rio, considerando jovens que disseram ter experimentado maconha pelo menos uma vez na vida, esse percentual diminuiu de 6,8%, em 2004, para 5%, em 2010.

Apesar da aparente redução no consumo, a professora da UnB Margô Karnikowski, que coordenou pesquisa da Universidade de Brasília sobre como educadores e escolas tratam do tema drogas, acredita que a rede pública de saúde não tem estrutura — número de leitos nem profissionais — para atender a juventude brasileira viciada em drogas.

Mais informações sobre os resultados da pesquisa estão disponíveis no seguinte link:  www.obid.senad.gov.br/portais/OBID/biblioteca/documentos/Apresentacoes/328357.pdf


FONTE: http://oglobo.globo.com/blogs/educacao/posts/2011/06/26/consumo-de-drogas-maior-em-escolas-particulares-388607.asp

Nenhum comentário: