quarta-feira, 8 de junho de 2011

Esporte gera bem-estar e inclusão social


A prática de esportes é essencial para mantermos uma vida saudável e menos estressante. No entanto, nem sempre nos conscientizamos que, além disso, ele é um fator muito importante para a ressociabilização de pessoas à margem da sociedade.


Outro ponto importante é a escolha por qual esporte praticar. A atividade física deve agradar e se adequar ao perfil do praticante, para que ela lhe traga prazer e bem-estar.

Um esporte muito falado quando o assunto é inclusão social, é o futebol de campo. Por ser muito presente em nossa cultura e de fácil manejo pelas ruas de qualquer cidade, hoje vemos a continuidade de seu papel, mas ao mesmo tempo, estamos diante de um panorama diferente, onde é possível identificar a expansão de outras modalidades esportivas no quadro de inclusão social. Hoje em dia, esportes como o vôlei, o basquete, o boxe, o atletismo, o skate e o tênis, vêm marcando presença no papel da reintegração social.



Ao ensinar esportes à crianças e jovens, é possível permitir que eles se sintam participantes da sociedade, além de possibilitar que eles desenvolvam habilidades de concentração e coordenação motora, fundamentais para o desenvolvimento físico, psicológico e para o processo educacional. E para tal, não podemos implementar o esporte apenas como habilidade física ou recreativa. Ele deve ser acrescido à função educacional, incluindo elementos sociais, culturais, comunitários e afetivos.

Por isso, o esporte é visto hoje como um processo de sucesso na busca da inclusão social, contribuindo com o desenvolvimento físico e motor, identificando responsabilidade, auto-confiança e integração no trabalho em grupo.

FONTE: http://mundoverde.com.br/blog/2011/05/09/esporte-gera-bem-estar-e-inclusao-social/

Nenhum comentário: