quarta-feira, 11 de maio de 2011

A higiene das mãos pode salvar vidas


Cientistas estimam que em torno de 80% de todas as infecções são transmitidas por nossas mãos. Microrganismos causadores de doenças podem viver em quase tudo que tocamos como maçanetas, animais e alimentos. A higiene correta das mãos é uma ação bem simples, mas de fundamental importância para evitar a disseminação de infecções e se manter saudável.
Em 1847, um médico húngaro chamado Ignaz Philipp Semmelweis publicou um estudo demonstrando que lavar as mãos rotineiramente é importante para prevenir que muitas doenças se espalhem. “O Dr. Semmelweis trabalhou em um hospital em Viena, onde as pacientes da maternidade estavam morrendo em uma taxa muito alarmante. Ele observou que a maioria destas pacientes foi tratada por estudantes de medicina que trabalhavam com cadáveres durante as aulas de anatomia antes de começar seus turnos na maternidade”, diz Julie Gerberding, diretora do Programa contra Infecções Hospitalares do Center for Disease Control and Prevention (CDC).
Uma vez que os estudantes não lavavam suas mãos depois de manusear os cadáveres e então tocavam nos pacientes (lavar as mãos não era uma prática de higiene naquele tempo), eles regularmente transmitiam as bactérias patogênicas dos cadáveres para as mães. “O resultado foi uma taxa de mortes 5 vezes maior para as mães que faziam o parto no hospital comparadas com as que tinham o bebê em casa.” diz Gerberding.
Com sua observação, considerada na melhor das hipóteses excêntrica por seus colegas, Dr. Semmelweis insistiu para que os estudantes lavassem as mãos antes de tratarem as mães na maternidade. “Esse foi o começo do controle de infecções”, diz Gerberding. “Foi realmente uma revolução, não só nos padrões de procedimentos médicos, mas na saúde pública em geral, uma vez que hoje a importância de lavar as mãos na prevenção de doenças é reconhecida por todos.”
O CDC (Centro de controle e prevenção de doenças), cita cinco cenários domésticos nos quais microrganismos causadores de doenças podem ser transmitidos por mãos contaminadas:
1) Das mãos para os alimentos: microrganismos são transmitidos de mãos não limpas (geralmente de alguém que não lavou as mãos após ir ao banheiro) para a comida. Os microrganismos são passados para quem consumir a comida.
2) De bebês infectados para as mãos, e destas para outras crianças: Ao trocar as fraldas, microrganismos são transmitidos de um bebê com diarréia para as mãos de quem as trocou. Se as mãos não forem imediatamente lavadas antes de tocarem em outra criança, os microrganismos que causam a diarréia podem infectá-la.
3) Do alimento para as mãos, e destas para outros alimentos: microrganismos são transmitidos de alimentos crus, como frango, para as mãos e então podem ser transferidos para outras comidas, como salada. Cozinhar o alimento mata os microrganismos iniciais, porém a salada continua contaminada.
4) Do nariz, boca ou olhos para as mãos, e destas para outras pessoas: microrganismos que causam resfriado, infecção nos olhos e outras doenças podem se espalhar para as mãos ao assoar o nariz, tossir ou coçar os olhos, e então as mãos não lavadas pedem transmiti-los para outros membros da família e pessoas próximas.
5) Dos alimentos para as mãos e destas para bebês: microrganismo de comida crua podem ser passados para as mãos e destas para bebês. Se os pais manusearem frango cru, por exemplo, e não lavarem as mãos antes de pegar seu bebê, podem transferir microrganismos do alimento para o filho.
O CDC, em parceria com a Associação de profissionais no controle de infecções e epidemiologia e a Campanha Safe Care, desenvolveram e disponibilizaram um vídeo sobre a higiene das mãos, ensinando os pontos chave para prevenção de infecções. O vídeo entrevista epidemiologistas, médicos e especialistas em saúde para explicar como uma infecção pode espalhar-se através das mãos e também inclui instruções passo a passo de como lavar as mãos corretamente, incluindo o que fazer quando não há sabão ou água disponíveis. Os internautas podem baixar o vídeo ou acessá-lo do celular através do link:
http://www.cdc.gov/CDCTV/handstogether/

Como este vídeo está em inglês, há também um outro semelhante e bastante interessante, em português, divulgado no site UOL, através do link:
http://mais.uol.com.br/view/p3440lpifb7c/como-lavar-as-mos-de-maneira-correta-04021B336CC4A953C6?types=A&

Fonte: CDC (http://www.cdc.gov/), Wikipedia (http://en.wikipedia.org/wiki/Ignaz_Semmelweis)

Nenhum comentário: