sábado, 28 de maio de 2011

Escola em Mato Grosso envolve alunos em projeto sustentável‏


A escola estadual Cecília Meireles, de Alta Floresta, em Mato Grosso, propôs aos estudantes o Projeto Escola Limpa. O objetivo é que os alunos desenvolvam medidas que visem à sustentabilidade e conservação do meio ambiente.
Até doze de outubro, cerca de 950 estudantes devem desenvolver as ações. O projeto deverá coletar informações, para expor os problemas enfrentados pelo município, e possíveis soluções. A ideia é que as ações saiam do papel e se tornem práticas diárias. Um seminário será feito, posteriormente, para apresentar o resultado do trabalho.
Como incentivo às ações, nesta semana ocorre uma gincana na qual as salas devem produzir o mínimo de lixo possível. A turma que conseguir a maior redução ganhará uma tarde recreativa em uma chácara, no mês de outubro.
São os próprios alunos que devem confeccionar as lixeiras de coleta seletiva, separando material orgânico, plástico e papel. As ações serão estendidas dos corredores até o pátio da escola, com a ajuda da manutenção da limpeza, que não cabe somente aos alunos. Mas, o criador do projeto, Djalma Ramires, deixa claro que a objetivo não é a limpeza e sim a conservação ambiental.
Junto com a coordenação pedagógica, e sob o crivo de análise da direção e do conselho deliberativo escolar nasceu o projeto. Além desta, outras ações educativas na área ambiental já foram implantadas na escola, como a horta pedagógica e um projeto de jardinagem, executado pela comunidade escolar. Com informações do SóNotícias.
Redação CicloVivo

Nenhum comentário: