domingo, 15 de maio de 2011

Escola da Paz


Em Israel, quase todas as instituições educacionais são segregadas – árabes em uma escola, judeus em outra. Mas na escola Max Rayne não é assim.

O centro educacional que fica em Jerusalém tem uma missão muito especial: educar e levar a paz para árabes e judeus. Lá, todos estudam e brincam juntos.

A idéia é criar um ambiente de afeto e compreensão, e mostrar que acima de tudo somos seres humanos e mesmo sem ter as mesmas ideologias podemos viver em harmonia e paz.
“As crianças precisam conhecer o outro lado. A coisa mais bonita nessa escola é que você não tem que concordar com o outro. Cada um tem as suas crenças, a sua cultura. Você precisa apenas respeitar e entender que a humanidade que temos em comum é muito mais importante que as diferenças que nos dividem”, afirma um dos professores.

Atualmente, 500 alunos árabes e judeus sentam-se lado a lado nas salas de aula. Juntos, discutem as lições ensinadas pelos mestres em hebraico e em árabe.

Yael e Areen, de 14 anos, estudam juntas há nove. São amigas de dormir uma na casa da outra e se consideram como irmãs. 

“É ótimo estudarmos juntas. A Yael é como uma irmã para mim. Não pensamos uma na outra como árabe ou judia. Ela é minha melhor amiga, ela é a pessoa de quem eu gosto e isso basta”, afirma Areen.

Fonte: Bom dia Brasil / BBC / The Independent

Nenhum comentário: